As bombas da linha RT/RAS são indicadas para águas sujas, esgotos, celulose, caldo com bagacilho, líquidos residuais de usinas, indústrias têxteis e destilarias, etc.

 

Vazão até: 400Mª/h
Altura manométrica até: 60 m.c.a
Temperatura até: 120º C*

 

 

Técnicas de Construção

Bomba de Monoestágio, sucção horizontal e recalque vertical. Esta linha de bombas possui uma construção robusta o que lhe oferece uma vida útil elevada, são dotadas de tampa de inspeção facilmente removível, tanto na carcaça quanto na tampa de sucção, permitindo a limpeza e inspeção interna sem desmontar a bomba.


A Carcaça é espiral, fundida em uma única peça e incorpora os pés de fixação. A vedação entre rotor e o corpo espiral é feita por meio de placas de desgaste substituíveis o que aumenta a durabilidade da carcaça.

O Eixo é protegido por uma luva, na região das gaxetas e montado com rolamentos de rolos no lado da bomba e de esferas no lado do acionamento.

O Rotor da RT é tubular de dois canais e da RAS de duas palhetas abertas em forma de "S". Estes tipos de rotores são indicados para líquidos contendo ar que possam formar espuma ou liberar gases. A entrada do rotor é unilateral e larga, sem o estreitamento pelo cubo. Canais especialmente largos, como não se consegue em outras formas de rotor, e a eliminação de cantos vivos, permitem a livre passagem das partes sólidas, sem apresentar riscos de entupimento.

O Cavalete é bastante reforçado e dimensionado para permitir amplo espaçamento entre os rolamentos o que oferece muita rigidez e estabilidade ao conjunto girante.